Ceticismo

Esta página reúne as questões sobre as quais não posso fazer afirmações categóricas. Em geral, elas envolvem tarefas inviáveis como provar negativas (“isso não ocorre”, “Fulano não existiu”, etc.), mas para as quais tenho boas razões para ao menos duvidar que sejam verdades. Se você concorda que é melhor rejeitar dez verdades a aceitar uma única mentira, bom proveito!

  1. 3 de julho de 2013 às 13:52

    Uma frase atribuída ao astrônomo e divulgador da Ciência Carl Sagan diz: “A ausência de evidências não é evidência da ausência”. No caso ele estava se referindo à vida inteligente fora da Terra. Ele acreditava na existência de civilizações alienígenas avançadas? Sim! Em discos voadores? Não. Pelo simples motivo que todas as evidência apresentadas até agora foram fracas, quando não fraude pura e simples. Ainda assim, ele tinha fé que um dia faríamos contato. Por falar em “contato”, ele escreveu um romance cujo título era exatamente essa palavra e, depois, foi para a telona de Hollywood. Tanto no filme como no livro a personagem principal consegue travar contato com seres avançadíssimos, mas todas as suas provas foram pessoais… Infelizmente, não havia como reproduzir sua experiência para os outros. Ela não foi crucificada como você gostaria, só a trataram como “alguém que viu o que queria ver” pela mais absoluta boa fé. Se bem que… ah, alugue o filme ou leia o livro! Essa é minha resposta.

    Ps: seu segundo comentário foi apagado sem dó nem piedade por estar escrito em caixa alta. Se quiser gritar, procure outra freguesia.

  2. 28 de junho de 2013 às 0:32

    Como que você me explicaria os seres microscópicos que somente a indica, porém, que o primeiro a fazer observações microscópicas de materiais biológicos foi o neerlandês Antonie van Leeuwenhoek4 (1632 – 1723). Eu sou trouxa por acreditar nos espíritos,que não podem ainda ser vistos por aparelhos que o homem supõe estar super avançado?
    Hoje o homem pode provar os micro organismos, mas ontem não, se você fosse da época deste homem certamente o colocaria na fogueira da inquisição por não acreditar no que ele a havia descoberto, se de imediato ele não pudesse provar, o mesmo acontece com nos depois da morte, não somos vistos justamente para que o homem possa desenvolver mais sua moral, já que muitos só acreditam vendo.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: